sábado, 2 de setembro de 2017

Gerenciamento Integrado dos Resíduos Industriais

Os resíduos industriais constituem um problema ambiental e o seu gerenciamento deve ser conduzido de forma adequada, seja pelo tratamento, disposição final ou reciclagem. Os resíduos sólidos gerados nas indústrias devem ser segregados de acordo com a NBR-10.004 da ABNT e serão tratados e/ou destinados adequadamente de acordo com as suas características. A especialidade da GLOBAL é o
, buscando soluções ambientalmente adequadas a todos os resíduos gerados nas atividades da empresa. O correto gerenciamento segue as etapas descritas abaixo: 1º Elaboração de PGRS: A empresa deverá possuir Plano de Gerenciamento de Resíduos – PGRS atualizado e seguir as suas diretrizes. 2º Elaboração de Ficha de Emergência e envelope: De acordo com o Decreto 88.821/83 e Resolução 420 da ANTT, a ficha de emergência é um documento de responsabilidade do expeditor. A norma que especifica todos os requisitos desta ficha é a ABNT NBR 7503 3º Licenciamento Ambiental e Emissão de DTRP: De acordo com o Decreto Estadual Nº 14.024 DE 06 de junho de 2012, a Declaração de Transporte de Resíduos Perigosos – DTRP deverá ser emitida pelo gerador de resíduos perigosos, no caso de transporte intermunicipal, e deve constar a quantidade anual estimada de resíduos transportada. 4º Segregação de resíduos nos pontos de geração: Os resíduos sólidos industriais devem ser segregados de acordo com o tipo, conforme a LEI Nº 12.305, DE 2 DE AGOSTO DE 2010 e a NBR 10.004 da ABNT. 5º Armazenagem de resíduos: Os resíduos sólidos devem ser armazenados temporariamente para posterior tratamento e/ou destinação final de acordo com o tipo. Para armazenamento de resíduos perigosos, deve-se considerar a ANBT NBR 12.235/92 – Armazenamento de resíduos sólidos perigosos. 6º Registros de movimentação de resíduos: Todos os registros relativos ao tipo e quantidade dos resíduos produzidos e o encaminhamento dado aos mesmos deve ser mantido atualizado. 7º Coleta de Resíduos: O transporte dos resíduos é realizado em veículos adequados para cada tipo de resíduo e suas embalagens. Os motoristas são capacitados com o Curso MOPP – Movimentação Operacional de Produtos Perigosos. Os motoristas e coletores são treinados para atendimento a Emergências. 8º Tratamento de Resíduos e/ou Destinação Final: O tratamento consiste na aplicação de método, técnica ou processo que modifique as características dos riscos inerentes aos resíduos, reduzindo ou eliminando o risco de dano ao meio ambiente.

domingo, 27 de agosto de 2017

PEDIDO DE ORÇAMENTO

Contato Jonathan Garcia Analista Ambiental (11) 4722-3991 | (11) 2378-4946 (11) 2378-4945 | (11) 2851-3585 Av. Lourenço de Souza Franco, 2662 CEP: 08750-560 - Jundiapeba Mogi das Cruzes/SP orcamento@gsambientais.com.br

CO-PROCESSAMENTO - RESÍDUOS INDUSTRIAIS

DESTINAÇÃO FINAL RESÍDUOS CLASSE I : Ligue (11) 4722-3991 - www.gsambientais.com.br CO-PROCESSAMENTO (Resíduos Sólidos e Líquidos Industriais) Co-processamento é a destruição térmica de resíduos em fornos de clínquer devidamente licenciados para esse fim. O co-processamento utiliza o conteúdo energético da decomposição de resíduos gerados na produção e contribui para a economia de combustíveis convencionais, como gás ou coque de petróleo. Os resíduos sólidos são utilizados “in natura” ou misturados entre si e preparados (blend) para substituição de matéria-prima/ combustível. É preciso fazer uma mistura única para o resíduo ser processado. O co-processamento é o único método de destinação final no mercado que não gera subprodutos. Todo resíduo que entra no forno é termicamente destruído e incorporado após inertilização ao clínquer. A alta temperatura, turbulência e tempo de residência no forno são fatores suficientes para destruição total do resíduo e garantem que a qualidade não será comprometida. Vantagens do Co-processamento: ● destruição total dos resíduos ● emissão atmosféricas totalmente controladas ● tecnologia consagrada internacionalmente ● economia de recursos naturais não renováveis ● atendimento a ampla gama de resíduos Link vídeo de apresentação do processo : http://www.youtube.com/watch?v=OgCPWRYCxqg&feature=relate

TRANSPORTE DE RESÍDUOS EM GERAL

Fundada em 2009 com o objetivo de oferecer assessoria ambiental as pequenas e grandes Empresas , a World Resíduos superou desafios, adquirindo experiências no desenvolvimento de projetos e inovações, agregando assim valor aos resíduos inservíveis e na diminuição dos custos na destinação de resíduos perigosos. Sempre buscando melhorias nos processos de coleta e destinação final, com diretrizes, critérios e procedimentos ambientais em conformidade com: • LEED sistema de certificação e orientação ambiental de edificações • A LEI nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) • ABNT NBR ISO 14001 • SASSMAQ - Sistema de Avaliação de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Qualidade Em 2012 nasce a Recycling Gerencimento de Resíduos Industriais, com o objetivo de beneficiar resíduos servíveis e inservíveis, transformando em matéria prima e colocando novamente na cadeia produtiva. Atualmente o Grupo Global conquistou, 6.000 m2 de áreas para triagens, moagens e prensagens de resíduos recicláveis, frota própria, empilhadeiras, galpões e uma Equipe de Engenheiros e Técnicos, somando forças para oferecer serviços de excelência que venham a atender todas as expectativas de nossos Clientes.

COLETA DE RESÍDUOS INFECTANTES ? LIGUE PARA A GLOBAL

A GLOBAL SOLUÇÕES AMBIENTAIS OFERECE COLETA DE RESÍDUOS DE SAÚDE – orcamento@gsambientais.com.br – 11 4722-3991 A coleta de resíduos de s...